Como reduzir a parcela do seu financiamento

Como reduzir a parcela do seu financiamento

reduzir a parcela

Nesse post você vai descobrir como utilizar a queda da Selic a seu favor e reduzir a parcela do seu financiamento, podendo economizar milhares de reais com apenas uma negociação da sua dívida.

A taxa Selic (Sistema de Liquidação e Custódia) é a principal taxa de juros da economia, é ela que embasa as taxas de juros do mercado, o que influencia todas as negociações financeiras envolvendo juros, sejam investimentos, financiamentos, empréstimos, entre outros. Ou seja, quando a Selic cai, todas as taxas de juros tendem a cair, portanto sua queda é ruim para os investidores e boa para os endividados.

Para investidoras…

Com a atual queda da Selic para 4,25%, a menor taxa da história, alguns investimentos em renda fixa podem até dar prejuízo aos seus investidores, sabe porquê?

Para que um investimento seja lucrativo é necessário que a sua rentabilidade supere a inflação que, popularmente dizendo, nada mais é do que o aumento de preços. Mas diante da atual queda da taxa Selic os investimentos em renda fixa como Tesouro Selic e a poupança terão uma rentabilidade menor que a inflação atual que estima-se ficar em torno de 3,40% no ano de 2020 enquanto a rentabilidade da poupança será em torno de 2,98% ao ano e a do Tesouro Selic já descontado o IR ficará em 3,18% ao ano. Gerando assim um prejuízo para seus investidores por oferecerem uma rentabilidade menor do que a inflação, fazendo com que o montande investido tenha sua capacidade de compra diminuída ao invés de aumentada.

Isso também pode acontecer com outros tipos de investimentos em renda fixa como CDB e fundo DI dependendo da sua taxa de rentabilidade. Com a Selic em baixa será preciso um pouco mais de análise e alguns cálculos na hora de investir em renda fixa.

Saiba ainda que, se você tem um financiamento, a queda da Selic pode te ajudar a economizar muito.

Para reduzir o financiamento…

Se você possui algum financiamento (imobiliário, de automóvel, credito pessoal, etc) está na hora de ir aos bancos e buscar por uma redução de financiamento com taxa de juros menor que a do seu financiamento atual.

Para reduzir a parcela do seu financiamento, primeiramente vá ao banco em que fez o seu financiamento e peça um extrato consolidado da sua dívida. Em seguida pesquise em outros bancos qual a taxa para o seu tipo de financiamento. Encontrando um banco que te ofereça uma taxa menor volte ao seu banco com a proposta e tente negociar a mesma redução, caso não consiga o desconto no seu banco peça a portabilidade do financiamento para aquele que te ofereceu a menor taxa.

Apesar de ser um pouco burocrática, garanto que se fizer da maneira correta você irá economizar uma boa quantia nessa negociação.

Agora que você já conhece os possíveis impactos positivos e negativos que a queda da Selic pode causar no seu bolso pode colocar a mão na massa e começar a negociar seus financiamentos e planejar os novos imvestimentos para minimizar esses impactos e até mesmo economizar uma boa quantia.

Mas se você deseja ter o auxílio de uma profissional durante este processo, clique aqui e entre em contato comigo que eu vou te ajudar a diminuir seu financiamento ou até mesmo investir melhor e lucrar mais com seus investimentos.

mm
Juliana Castro

Consultora financeira, especialista em controladoria e finanças, mentora e idealizadora do projeto Rica Mente - Inteligência Financeira para Mulheres, que ensina finanças de forma descomplicada para que todas possam fazer, controlar e multiplicar o seu dinheiro de forma eficiente através da inteligência financeira.

Deixe uma resposta