3 Hábitos das pessoas com mentalidade de escassez

3 Hábitos das pessoas com mentalidade de escassez

Todos nós queremos viver em abundância em todas as áreas da vida, mas nem todos nós temos bons resultados. Isso ocorre porque cada um de nós tem uma mentalidade diferente que influencia tudo em nossa vida.

Você pode até acreditar que está fazendo tudo certo, porém sua mente pode estar te sabotando sem que você perceba.

Nossa mentalidade influencia fortemente nossos resultados e a mentalidade escassa faz com que você crie hábitos nocivos que te levam à resultados muito distantes daqueles que você deseja.

Se você quer mudar sua realidade fique atento a esses hábitos silenciosos que estão levando milhares de pessoas à uma vida de escassez e fuja desses hábitos:

1- FOCAR NO LADO NEGATIVO DAS COISAS

As pessoas com a mente de escassez não conseguem enxergar as oportunidades que existem à sua volta, pois estão sempre voltadas para o lado negativo da coisas que acontecem consigo e ao seu redor.

Quando tomamos o controle da nossa mente e optamos por buscar o positivo, visando algo bom mesmo em meio ao caos, geramos uma mudança de foco em nossa mente que faz com que ela se volte para o positivo e com o tempo essa prática se tornará uma habilidade comum pra você.

Se você tem sido uma pessoa negativa, que só enxerga problemas, comece a exercitar a positividade. No começo exigirá um pouco de esforço de sua parte, mas com o tempo se tornará algo natural e tornará sua vida muito mais feliz.

Um conteúdo excelente que pode te ajudar a começar essa jornada da positividade em sua vida é o livro: O PODER DA POSITIVIDADE de Geraldo Rufino.

2- NÃO ASSUMIR A RESPONSABILIDADE POR SEUS RESULTADOS

Quem não se responsabiliza por seus atos e resultados vive culpando os outros por tudo que lhe acontece e não busca evoluir. Se perde em meio aquilo que acredita ser destino, vivendo o que a vida à levou, não o que ela fez da própria vida.

Para conquistar os resultados financeiros que você deseja é preciso ser autorresponsável, buscar a renda que você deseja, assumir o risco por seus investimentos e se responsabilizar pela gestão do seu dinheiro independente do cenário em que esteja.

Enquanto você fugir dessa responsabilidade seus resultados continuarão a ser os mesmos de sempre, assim como a sua insatisfação com eles.

3- VIVER NA ZONA DE CONFORTO

Zona de conforto se resume em estagnação, em conquistar apenas o que está ao alcance da mão e se contentar com resultados medíocres. Caso você se encontre nessa situação está na hora de mudar.

Tenho certeza que seu objetivo financeiro está bem distante da zona de conforto, então se você realmente deseja alcançá-lo comece a se mexer quanto antes porque o dinheiro não virá até você sozinho.

Para construir sua liberdade financeira você precisará fazer, controlar e multiplicar o seu dinheiro. Para fazer isso com eficiência, busque o conhecimento necessário, viva positivamente, seja autorresponsável e fuja da zona de conforto pois é fora dela que as coisas acontecem.

Levante-se agora e construa a vida que você deseja, só depende de você.

mm
Juliana Castro

Consultora financeira, especialista em controladoria e finanças, mentora e idealizadora do projeto Rica Mente - Inteligência Financeira para Mulheres, que ensina finanças de forma descomplicada para que todas possam fazer, controlar e multiplicar o seu dinheiro de forma eficiente através da inteligência financeira.

Deixe uma resposta